in

Após condenações e mais de 300 denúncias, João de Deus é preso e defesa se manifesta: ‘Espanto’

Defesa considera ilegal a prisão de João de Deus e diz que vai recorrer da decisão que levou o médium para prisão.

TV Anhanguera

João de Deus, considerado um famoso médium para muitas pessoas, incluindo celebridades, ganhou as manchetes dos jornais há algum tempo, após ser acusado de abusar mulheres enquanto realizava atendimento espiritual.

Publicidade

Nesta quinta-feira, 26, João de Deus foi preso em sua casa, em Anápolis, Goiás. O médium já cumpria pena domiciliar há alguns meses, totalizando mais de 60 anos de prisão com a soma de quatro condenações.

A defesa de João, de 79 anos, declarou ter recebido a notícia da prisão com muito espanto, uma vez que ele já havia obtido o direito de prisão domiciliar, devido sua condição de saúde, que não estaria em sua melhor fase, bem como sua idade avançada. A defesa garantiu que vai recorrer da decisão para tentar que João retorne a liberdade, mesmo que condenado a viver recluso na própria casa.

Publicidade

“A defesa recebeu a notícia com espanto e se mostra estarrecida diante da flagrante ilegalidade da nova prisão”, declaro em parte do comunicado oficial da defesa do preso.

Publicidade

Publicidade

A prisão é decorrente de um pedido do Ministério Público em janeiro deste ano. O MP denunciou João de Deus por estupro de vulnerável e abuso mediante fraude, além de pedir a sua prisão. O fundamento para a revogação de sua prisão domiciliar está no temor das vítimas sabendo que o acusado permanece livre.

Desde que as investigações começaram, em 2018, foram mais de 300 denúncias que a polícia recebeu contra o exotérico. Desde 2018b João de deus foi condenado em quatro processos, que inclui o abuso de dez mulheres e porte ilegal de arma. Outros dez processos contra o homem aguardam análise.

João de Deus já atendeu diversas celebridades ao longo de sua carreira como médium e curandeiro, como Luciana Gimenez, Xuxa, Camila Pitanga, Fábio Assunção e até a apresentadora norte-americana, Oprah Winfrey. O médium dizia incorporar Dom Inácio de Loyola para fazer seus trabalhos espirituais, do qual se tornou o nome de sua casa de atendimento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades