in

Justiça toma nova decisão contra João de Deus e ex-médium é levado para a prisão

João de Deus estava cumprindo sua pena em regime domiciliar pelos crimes sexuais cometidos.

Reprodução/Exame

Nesta quinta-feira (26), a pedido do Ministério Público de Goiás, a comarca de Abadiânia tomou uma importante decisão. João de Deus, que estava cumprindo sua pena em regime domiciliar, foi preso em Goiânia. O ex-médium estava desde março do ano passado em sua casa.

Publicidade

Nova denúncia contra João de Deus

João de Deus recebeu mais uma denúncia no último dia 13 deste mês. Desta vez foi pelo crime de estupro de vulnerável, que foi realizado contra 8 mulheres. Com esta nova denúncia contra o famoso, a Justiça do estado de Goiás resolveu decretar sua prisão.

De acordo com o Ministério Público de Goiás (MPGO), o caso do ex-médium possui 44 vítimas. As mulheres que tiveram seus crimes prescritos foram utilizadas como testemunhas para embasar como João agia. Os abusos pelos quais ele é acusado aconteceram na Casa Dom Inácio de Loyola, na cidade de Abadiânia.

Publicidade

Sobre a prisão domiciliar de João de Deus

João de Deus possui uma casa em Anápolis, onde estava cumprindo sua pena em regime domiciliar a mais de um ano. Porém, inicialmente o ex-médium cumpriu uma pequena parte da pena em regime fechado em um presídio de Aparecida de Goiânia.

Publicidade

A decisão de ficar em casa veio em março de 2020, quando seus advogados alegarem que seu cliente possuía problemas de saúde e também risco por causa do Covid-19.

Publicidade

Lembrando que João de Deus já foi condenado a mais de 64 anos de prisão. Os delitos que o levaram a tal pena foram relacionados crimes sexuais, como abuso sexual e estupro.

Os casos vieram a público em 2018, quando as primeiras vítimas acusaram o ex-médium. Logo depois outras pessoas apareceram acusando João e até hoje o MPGO continua à procura de novas vítimas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade