in

Eliana comemora 30 anos de carreira e doze do seu programa no SBT

Para a apresentadora, o Brasil é um país machista, onde a carreira feminina fica aquém da masculina.

SBT

Motivos não faltam para Eliana comemorar. Ela está completando trinta anos de carreira e doze que o seu programa, que é exibido pelo SBT, está no ar. Para celebrar a data, no próximo domingo haverá uma edição especial da atração, que faz com que a emissora, semanalmente, fique na vice-liderança em relação aos índices de audiência.

Publicidade

Eliana permanece como a única mulher que comanda um programa de auditório aos domingos, o dia mais concorrido da TV, e declarou que o Brasil é um país machista, patriarcal em que “a carreira feminina está aquém da masculina”.

Recentemente, Eliana gravou um programa inteiro na casa da Xuxa, que também contou com a participação de Angélica, mas de forma remota. Segundo ela, esse encontro significou um amadurecimento profissional e pessoal, pois chegou à conclusão que as mulheres, de qualquer área, só se tornarão mais fortes a partir do momento em que se apoiarem.

Publicidade

Entre os seus planos profissionais para o futuro está um programa na Netflix, que deverá estrear em breve.

Publicidade

Aos 47 anos, após alguns relacionamentos, Eliana está casada com André Ricco, diretor da Rede Globo, com quem tem uma filha, Manuela, de 4 anos. A apresentadora também é mãe de Arthur, 10 anos, da união com o produtor musical João Marcelo Bôscoli, filho de Elis Regina.

Publicidade

Com uma bem-sucedida carreira como apresentadora, que teve início em 1991 com o programa infantil Festolândia, também no SBT, Eliana afirma que se sente lisonjeada pela oportunidade de poder realizar a profissão que escolheu e se orgulha de todas as suas conquistas, pois só ela tem a exata noção dos seus tombos e tropeços e pela digna e equilibrada forma com que enfrentou esses períodos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade