in

Zé de Abreu processa INSS para rever aposentadoria

O ator Zé de Abreu foi à Justiça após ter ficado por mais de um ano sem receber o benefício.

Reprodução/Divulgação/ IG

O famoso ator Zé de Abreu realizou o seu 1º trabalho na área da atuação no ano de 1967. Depois disso, após uma longa carreira como ator, ele se aposentou em 2011, isso quando o tempo de contribuição e a sua idade acabaram tornando a remuneração possível. Mesmo assim, atualmente o famoso enfrenta alguns problemas com a sua aposentadoria.

Publicidade

De acordo com informações divulgadas pelo colunista Ancelmo Góis, do O Globo, Zé de Abreu abriu uma ação judicial com o objetivo de regularizar o seu benefício, isso após uma mudança que aconteceu no final de 2019.

Segundo a publicação do colunista, Zé de Abreu afirma que o banco mudou a agência da conta usada para depósito sem avisá-lo. Depois disso, o ator não recebeu o benefício entre novembro de 2019 e março de 2021.

Publicidade

De acordo com informações passadas pelo escritório que representa o ator judicialmente, a ação teve início em maio de 2021, isso depois que um servidor do INSS informou Zé de Abreu que se ele quisesse receber, poderia entrar na Justiça. E mais, o escritório faz questão de ressaltar que o ator chegou a procurar o INSS e o banco por diversas vezes no intuito de resolver a situação.

Publicidade

Recentemente, Zé de Abreu também se tornou manchete após ele se revoltar ao ver o deputado Sóstenes (DEM-RJ) defender o trabalho infantil. Ao comentar sobre a medalha olímpica de Rayssa Leal, de 13 anos, a qual comparou com o trabalho infantil, o parlamentar afirmou que o Estatuto da Criança e do Adolescente tem que mudar.

Publicidade

Depois disso, o ator se mostrou revoltado ao comentar sobre o assunto por meio do Instagram, onde chegou, inclusive, a se referir ao deputado por “cachorrinho de estimação do pastor Malafaia”. O ator diz que eles querem que as crianças trabalhem, contudo, “eles mesmos não trabalham”.

Publicidade
Publicidade