in

Marieta Severo enfrentando os dois piores anos da sua vida

Após o marido sofrer um AVC, a atriz foi infectada pelo Coronavírus e teve grande parte do pulmão comprometido.

Globo

Marieta Severo não esconde que enfrenta os dois piores anos de sua vida. Em breve ela poderá ser vista em ‘Um Lugar ao Sol’, a próxima novelas das 21 horas da Rede Globo, onde viverá Dona Noca, uma cozinheira que, apesar das dificuldades, conseguiu criar a neta, papel de Andréa Beltrão. Aos 74 anos, Marieta revela que esse período vai do “macro” ao “micro”.

Publicidade

Para ela, o macro é o Brasil e a situação política pela qual vem passando, e o micro se refere à sua vida particular e o atual marido, o premiado diretor teatral Aderbal Freire Filho, com quem está há vinte anos.

Em junho do ano passado, ele sofreu um AVC . O casal vivia em casa separadas, mas após o ocorrido, os dois passaram a viver juntos na casa de Marieta, onde foi montado um forte aparato médico para que Aderbal, que permanece consciente, consiga recuperar os seus movimentos.

Publicidade

Como se só isso não bastasse, em dezembro de 2020, a atriz foi infectada pelo Coronavírus e ficou internada no mesmo hospital que o marido, permanecendo a poucos metros dele.

Publicidade

Com 53% do pulmão comprometido, Marieta ficou com medo da morte, mas após um intenso tratamento, conseguiu se curar.

Publicidade

A atriz, que assumiu os seus cabelos brancos após mais de trinta anos tentando disfarçá-los através de tinturas, ficou casada por mais de três décadas com o compositor Chico Buarque de Holanda. Os dois tiveram três filhas e cinco netos.

Sobre o seu trabalho em ‘Um Lugar ao Sol’, Marieta faz questão de declarar que é é o personagem mais positivo que já interpretou, pois tem muita sabedoria de vida, transformou em algo construtivo os seus momentos mais difíceis e a cada capítulo, vem conseguindo inspirá-la.

Publicidade
Publicidade
Publicidade