in

Após vazamento de áudios, cantores cancelam participação em novo disco de Sérgio Reis

Sérgio Reis vem recebendo duras consequências após áudio vazado contra órgão dos governos.

Reprodução/O Globo

Sérgio Reis entrou em uma grande polêmica durante essa semana. O cantor teve áudios vazados falando contra o Senado Federal e o Supremo Tribunal Federal (STF). Após vir à tona, o artista teve vários contratempos, como inúmeras críticas e até uma busca da Polícia Federal (PF) em sua residência.

Publicidade

Busca da Polícia Federal contra Sérgio Reis

Nesta semana, Sérgio Reis entrou em uma grande confusão contra órgãos do governo. Em um áudio, foi possível escutar o cantor convocando a população brasileira para praticarem atos antidemocráticos.

O artista defendeu o governo do presidente Jair Bolsonaro e apoiou a paralisação dos caminhoneiros pelo Brasil. A Procuradoria-Geral da República solicitou 13 mandados de busca e o ministro Alexandre de Morais, do STF, liberou que a PF os cumpra.

Publicidade

Após a autorização, nesta última sexta-feira (20), o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) e Sérgio Reis tiveram suas casas vasculhadas. Além disso, Sérgio está proibido de se aproximar da Praça dos Três Poderes.

Publicidade

Cantores cancelam participação com Sérgio Reis

Após toda polêmica envolvendo Sérgio Reis, seu novo disco agora pode ficar comprometido. O sertanejo recebeu a notícia de que algumas participações que iriam estar em seu projeto musical cancelaram o convite.

Publicidade

O primeiro a tomar essa atitude foi o cantor e compositor Gutemberg Guarabyra, de 73 anos. Logo em seguida, outros dois artistas também tomaram a mesma decisão. Os cantores, Maria Rita, de 43 anos, e Guilherme Arantes, de 68 anos, também comunicaram, através de suas assessorias, que não farão mais parte do projeto.

Publicidade
Publicidade