in

Roberto Cabrini entrevista Sérgio Reis após áudio vazado e cantor se revolta: ‘Eu não sou bandido’

O cantor sertanejo vem sendo investigado desde que sua gravação foi vazada.

Record

Nos últimos dias, o cantor Sérgio Reis, de 81 anos, se tornou alvo de polêmica e uma enxurrada de críticas nas redes sociais. Isso porque o artista, que tem fãs pelo país inteiro, teve um áudio vazado em que dava algumas declarações comprometedoras envolvendo o STF.

Publicidade

Na gravação, cujo responsável pelo vazamento não foi revelado, Sérgio Reis convoca um movimento contra alguns ministros do Supremo Tribunal Federal. O áudio gerou uma onda de críticas ao cantor sertanejo na última semana.

Recentemente, Sérgio foi procurado pela equipe da RecordTV e aceitou dar uma entrevista para Roberto Cabrini. O cantor desabafou sobre sua situação e sobre o áudio vazado. O artista pediu desculpas por sua atitude.

Publicidade

Eu errei. Quero pedir desculpas, até ao Supremo (Tribunal Federal). Eu sou uma pessoa que só pensa bem dos outros. E agora estão querendo acabar comigo como se eu fosse bandido. Eu não sou bandido. Falei bobagem. Pensei que não teria essa repercussão”, disse Sérgio.

Publicidade

Ainda na entrevista com Cabrini, Sérgio Reis chamou de amigo da onça a pessoa que fez com que seu áudio fosse a público. O artista sertanejo está sendo investigado pelo suposto crime de incitar a violência através de redes sociais.

Publicidade

Nesta semana, diante da repercussão dos fatos, um mandado de busca e apreensão foi expedido e a casa de Sérgio Reis recebeu a visita da Polícia Federal. Não foi divulgado o que foi encontrado na residência do cantor, em Mairiporã, na Grande São Paulo, na última sexta-feira (20/08). Novos detalhes sobre o caso devem ser divulgados a qualquer momento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.