in

Felippe Percigo, sucesso no mercado financeiro

O curitibano é cofundador e CMO da LIQI Digital Assets, empresa focada na tokenização de ativos financeiros.

Reprodução/Instagram

As últimas novidades tecnológicas tornaram a internet responsável por movimentar uma grande quantidade de dinheiro diariamente, seja de pagamentos comuns ou investimentos dos mais variados tipos. Um exemplo disso é o fenômeno das criptomoedas, ativos do mundo cripto e exclusivos do meio digital. Após valorização recorde da bitcoin, a maior moeda digital do mercado, o mundo dos criptoativos ganhou muita importância entre os noticiários pelo mundo.

Publicidade

Cada vez mais pessoas estão interessadas em investir nesse mercado, mas o especialista Felippe Percigo garante que é preciso ter calma e cuidado com a ganância. O curitibano é cofundador e CMO da LIQI Digital Assets, empresa focada na tokenização de ativos financeiros.

“Posso dizer que comecei cedo no empreendedorismo. Já aos 13 anos, resolvi abrir uma lojinha na escola. Lá eu vendia tudo que meus amigos precisavam e continuei, sempre empreendendo. Minha última experiência antes de conhecer sobre as criptomoedas foi numa empresa de suplementos que não foi para a frente. Quando parei para aprender sobre o mundo dos criptoativos, me apaixonei e resolvi investir. Criei uma empresa que fornecia liquidez ao mercado brasileiro e não parei mais. Aos 21 anos me tornei milionário e um ano depois profissionalizei meus investimentos. Atualmente sou cofundador e CMO da LIQI Digital Assets, empresa que foca em inovar no mercado financeiro através de tokenização de ativos financeiros”, explicou Felippe Percigo.

Publicidade

O especialista em criptoativos conta que deseja transformar a LIQI Digital Assets em uma empresa unicórnio, mas garante que sabe da dificuldade da caminhada a ser enfrentada. Contudo, Felippe Percigo revela que já aprendeu bastante com os obstáculos do mercado financeiro, especialmente do mundo dos criptoativos e não pretende desistir do objetivo.

Publicidade

“Não vou mentir, já pensei em desistir do que faço atualmente. Assim que entrei, em 2017, teve um momento em que perdi cerca de 60% dos meus investimentos, muito por conta da falta de conhecimento e da ganância que eu tinha. Infelizmente, eu acabei investindo no mercado através de uma corretora, que tempos depois provou ser um esquema ponzi. É através de experiências como essa e de como eu dei a volta por cima, no mesmo mercado, que quero mostrar que mesmo novo é possível realizar os sonhos desde que correndo atrás deles para conquistá-los”, acrescentou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade