in

Carlinhos Maia é condenado por vandalismo em obra de arte e deve pagar R$ 30 mil

O episódio aconteceu durante hospedagem do humorista em um hotel de Aracaju em 2019.

Reprodução/Instagram oficial de Carlinhos Maia

Carlinhos Maia acabou sendo condenado pela Justiça a pagar uma alta quantia à artista plástica Lau Rocha, após episódio envolvendo o vandalismo de uma das obras da artista. A 11ª Vara Cível de Aracaju foi a responsável por apuração do inquérito sobre o caso e definiu que o humorista deveria pagar R$30 mil pelo ato praticado.

Publicidade

Durante uma hospedagem em um hotel da cidade de Aracaju (SE) em 2019, Carlinhos Maia decidiu gravar alguns vídeos para divertir seus seguidos nas redes sociais e acabou tendo a ideia de rabiscar um dos quadros que estavam fixados na parede de sua suíte, afirmando que a obra estaria lhe assuntando durante toda a noite.

A obra original da artista plástica Lau Rocha mostrava uma mulher sem rosto, sentada e segurando um colorido buquê de flores. O humorista utilizou uma caneta para desenhar um rosto na personagem da obra e afirmando que os hóspedes do local iriam lhe agradecer. O episódio foi registrado em um vídeo feito pelo marido do humorista, Lucas Guimarães, e postado em suas redes sociais.

Publicidade

Segundo decisão do juiz Cristiano José Macedo Costa, o ato praticado por Carlinhos Maia acabou modificando a obra de arte da artista plástica, violando o seu direito moral de integridade. Além disso, ressaltou que as informações coletadas sobre o caso são suficientes para garantir o direito de ser ressarcida pelo ato de vandalismo.

Publicidade

O magistrado afirma que o episódio é passível de pedido de danos morais e, após se basear nos critérios da proporcionalidade e razoabilidade, decretou o valor R$ 30 mil como pena para o humorista. A decisão da Justiça também obrigou a dona do hotel, que também é ré na ação judicial, a devolver a obra para Lau Rocha.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade