in

Ao vivo, Sonia Abrão exibe apedrejamento que ataca a memória de Agnaldo Timóteo e clama por justiça

O cinegrafista da equipe da apresentadora surgiu ao vivo e divulgou o duro ataque à memória do eternizado cantor.

Fotomontagem por Vieira Filho - RD1 / RD1

Nesta terça-feira (27), a apresentadora e jornalista Sonia Abrão, da Rede TV, reconhecida nacionalmente por sua sinceridade e carisma, deixou o público chocado com um verdadeiro ataque. Durante a exibição de seu programa nesta tarde, Sonia divulgou uma notícia responsável por gerar profunda revolta nos fãs de Agnaldo Timóteo.

Publicidade

Um cinegrafista da equipe de Sonia Abrão surgiu, ao vivo, durante o programa e mostrou imagens inéditas de um ataque ocorrido na mansão onde Agnaldo Timóteo passou seus últimos dias de vida, local onde vivia com a filha adotiva, Keyty Evelyn, de 15 anos.

Durante a exibição das cenas da mansão e, ao mesmo tempo, divulgação do apedrajamento ocorrido no imóvel, situado em zona nobre da cidade do Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, a jornalista Sonia Abrão não se conteve e criticou duramente o ato, destacando seu caráter ilícito e clamando por justiça: “Está complicada a situação. É criminoso isso. Tem que chamar a polícia“, desabafou.

Publicidade

Disputa familiar

Publicidade

Ainda não foi divulgado os possíveis responsáveis pelo ataque à memória de Agnaldo Timóteo. No entanto, existe uma disputa familiar em relação aos bens deixados pelo cantor, especialmente no que diz respeito aos direitos da filha adotiva, que vem buscando seu reconhecimento como uma das herdeiras.

Publicidade

Luta pelo reconhecimento de direitos

Segundo informações divulgadas pelo poral de notícias TV Foco, o advogado da adolescente vem tentando incluí-la como herdeira, mas os familiares de Agnaldo Timóteo são contra o surgimento de mais uma beneficiária.

Publicidade
Publicidade