in

Lembra da Sandrinha, filha de Paulo José na novela? Ex-atriz mirim cresceu e prestou linda homenagem ao ator

Cecília Dassi relembrou como eram as gravações ao lado de Paulo José, morto na última quarta feira.

REPRODUÇÃO/GLOBO

Faleceu aos 84 anos na última quarta-feira (11/08) o grande ator Paulo José. Ele estava há mais de vinte dias internado por conta de uma pneumonia e lutava contra o Mal de Parkinson desde 1993.

Publicidade

Um dos personagens mais marcantes de Paulo José na televisão foi na novela Por Amor, de 1997, em que ele interpretou o alcoólatra Orestes, pai da garotinha Sandrinha.

Na trama, que emocionou muito o público na época, Sandrinha foi a grande responsável por ele procurar ajuda para se livrar do vício. Na última cena dos dois na novela, a garota se despede do pai em frente a sala de sua primeira sessão nos Alcoólicos Anônimos.

Publicidade

Os anos se passaram e Cecília Dassi, que interpretou Sandrinha em Por Amor, desistiu da carreira de atriz para se tornar psicóloga. No entanto, ela lembra com carinho de seus anos na Globo e fez uma linda homenagem ao ator Paulo José após ficar sabendo de sua morte.

Publicidade

Cecília lamentou a morte do ator, e relembrou que o sucesso dos personagens de ambos se deve ao fato de Paulo José ter a conquistado com brincadeiras, criando um ambiente favorável para as gravações. Ela era muito criança na época, e os gestos de Paulo com ela por de trás das câmeras tornaram visível ao público a intimidade de pai e filha que eles tinham na novela.

Publicidade

A ex-atriz disse ainda que o afeto que os dois sentiam um pelo outro não era apenas encenação para a novela, e sim algo real. Ele lembrou um episódio em que o ator foi maquiado para parecer machucado em uma cena, e ela totalmente inocente começou a chorar pensando que ele realmente tinha sido agredido por alguém.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com