in

Cantora vai parar em pronto-socorro após ser agredida por motorista de app: ‘Um inferno’

O episódio horripilante aconteceu no dia 26 de junho, quando a cantora voltava para casa.

Reprodução/Instagram oficial de Clare Dunn

Clare Dunn passou por uma situação bastante arrepiante e decidiu revelar alguns detalhes para a renomada revista People. Em recente entrevista, a cantora country revelou ter sido agredida por um motorista do aplicativo Lyft, e acabou parando no pronto-socorro para cuidar de alguns ferimentos no rosto.

Publicidade

Segundo informações do relatório do incidente obtido pela revista, a cantora foi agredida nas primeiras horas da manhã do dia 26 de junho. Um mandado de prisão já foi emitido contra o motorista, que não teve seu nome revelado.

Em sua entrevista, Dunn relatou que saiu de casa com alguns amigos e solicitou um carro pelo aplicativo por volta de meia-noite para retornar a sua residência. Após deixar uma de suas amigas em casa, chegou a solicitar que o motorista seguisse pelo “caminho mais lento”, evitando usar a rodovia, mas seu pedido não foi atendido.

Publicidade

A cantora percebeu que ele estava correndo em direção à rodovia interestadual e começou a pedir para que ele retornasse, mas o motorista começou a gritar com ela e ficar cada vez mais irritado. Muito assustada e percebendo todo o risco, ela começou a gritar e mandar o motorista voltar, acreditando que isso possa tê-lo assustado.

Publicidade

Dunn continuou contando que, ao chegar perto de sua residência, o motorista parou o carro e começou a agredi-la antes que conseguisse ligar para a emergência, sendo puxada pela blusa e jogada em uma vala. A cantora ainda afirma que durante o desespero achava que havia conseguido ligar para emergência, mas não chegou nem a acertar o número. No entanto, o motorista largou a cantora sozinha na vala enquanto estava desacordada e fugiu.

Publicidade

A cantora desabafou que a situação foi um inferno em sua vida e não deseja que ninguém passe por isso, além de declarar que o motorista sabia muito bem o que estava fazendo. Ainda afirmou que ela e sua amiga tiveram a sensação que havia algo errado, mas acabaram ignorando.

O aplicativo Lyft informou para a revista que removeu permanentemente o motorista de sua plataforma assim que foi informada do acidente. Além disso, entraram em contato com a senhorita Dunn para oferecer todo apoio necessário e estão ajudando as autoridades nas investigações.

Publicidade
Publicidade
Publicidade