in

Em briga com cabelereiro, Luciana Gimenez consegue vitória judicial

O cabelereiro acusava a apresentadora de não pagar todos os seus direitos trabalhistas.

Reprodução/Instagram oficial de Luciana Gimenez

Luciana Gimenez tem aproveitado muito suas férias viajando pelo mundo. Aproveitando a companhia do filho mais novo, a apresentadora da RedeTV! já passou um curto período tempo nos Estados Unidos, Croácia e, atualmente, está na Espanha.

Publicidade

No entanto, seus advogados brasileiros seguem trabalhando bastante e conseguiram uma vitória judicial importante para Luciana Gimenez. O processo movido contra seu ex-cabelereiro, Sérgio Di Vicentin, finalmente chegou ao fim e com uma vitória da apresentadora, mesmo que parcialmente. 

Segundo decisão judicial, o cabelereiro não poderá mais falar ou divulgar qualquer informação sobre Luciana Gimenez em qualquer meio de comunicação, sob pena de multa de R$ 10 mil por cada ato de descumprimento. A decisão foi tomada devido Di Vicentin ter ameaçado expor algumas informações pessoais da apresentadora.

Publicidade

Além disso, Luciana pedia no processo uma indenização de aproximadamente R$ 10 mil por danos morais, já que seus advogados alegaram que sua cliente chegou a sofrer danos morais devido à divulgação de fatos inverídicos. O ex-cabelereiro acusava a apresentadora de não pagar todos seus devidos direitos trabalhistas, mas o juiz não aceitou o pedido.

Publicidade

Os advogados de Luciana também pediram para que Di Vicentin arcasse com todos os custos processuais, além dos honorários advocatícios de ambos os lados. No entanto, o pedido também foi negado pelo juiz responsável pelo processo, determinando que os valores fossem divididos igualmente entre as duas partes envolvidas.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade