in

Conhecido por denunciar racismo nos EUA, influencer brasileiro é encontrado morto

A família vem tentando encontrar alternativas para trazer o corpo de volta ao Brasil.

Reprodução rede social / Metrópoles

O brasileiro Anderson Sodre, de 26 anos, mais conhecido na internet como Ander Jackson, foi encontrado morto nos Estados Unidos. O influencer é natural do interior de São Paulo e morava na Califórnia desde 2018, quando decidiu participar de um programa para cuidar de crianças na cidade de Orono, cidade próxima a Minneapolis. 

Publicidade

Segundo o G1, as causas da morte ainda estão sendo investigadas pela polícia norte-americana. A família de Anderson tenta encontrar alternativas para conseguir trazer o corpo de volta ao Brasil, para que seja realizado um sepultamento na cidade de Sorocaba (São Paulo). O Itamaraty ainda não chegou a se posicionar sobre o caso.

O influencer tinha mais de 110 mil seguidores em seu perfil do Instagram, onde era conhecido por compartilhar vídeos de humor e alguns covers de músicas. Sua última postagem na rede social foi no dia 13 de outubro de 2020, quando chegou a compartilhar algumas fotos antigas ao lado de amigos do Brasil.

Publicidade

Uma das amigas do influencer, que foi mencionada em sua última postagem no Instagram, acabou confirmando a morte. Ela ainda desabafou que nunca imaginou que sua saudade diária do amigo se tornaria uma saudade eterna. Além de destacar não saber como serão seus dias sem o querido amigo e afirmar que está com o coração em pedaços.

Publicidade

Caso de racismo nos Estados Unidos

Durante uma entrevista concedida ao G1 no ano passado, Anderson comentou sobre o caso de racismo que sofreu no programa para cuidar de crianças em Orono. O influencer explicou que, durante o programa, o jovem mora com a família, cuidando das crianças para os pais. Em troca dos serviços, são concedidos alimentação e moradia.

Publicidade

Segundo Anderson, o casal teria voltado para casa por volta das 22h30. Depois de cerca de duas horas, entraram em seu quarto e o expulsaram da casa. O influencer afirmou que os filhos do casal estavam brigando pouco antes da chegada dos pais e ele havia colocado de castigo, como fazia regularmente. E relatou que o casal entrou no quarto gritando com ele, acusando ter feito bullying com os filhos deles.

Publicidade
Publicidade