in

Filho de Walkyria Santos mostrou vídeo que gerou ataques à mãe antes de morrer: ‘Não resistiu’

Lucas Santos foi sepultado sob forte comoção em Natal na tarde desta quarta-feira (4).

Reprodução/Instagram

Lucas Santos, filho da cantora Walkyria Santos, foi sepultado na tarde desta quarta-feira (4), em Natal. Segundo a Revista Quem, Luiz Felippe Ramos, assessor da artista, afirmou que ela não compareceu ao enterro do adolescente por não possuir condições emocionais. O profissional disse, ainda, que a família está arrasada com a morte precoce de Lucas.

Publicidade

O menino teria tirado a própria vida ao sofrer ataques homofóbicos ao publicar um vídeo no Tik Tok ao lado de um colega. No referido vídeo, Lucas simula que dará um beijo no amigo, se aproximando de seu rosto. Após a publicação no aplicativo, o adolescente passou a ser atacado por haters e chegou a se explicar na web.

Luiz Felippe contou que o menino chegou a mostrar o vídeo para a mãe antes de morrer, questionando se havia algo demais no registro. Walkyria teria respondido que não observou nada demais nas imagens. Mesmo com o apoio da família, Lucas não teria resistido às ofensas recebidas na web.

Publicidade

Ele não resistiu ao psicológico, sofreu ataques devido ao vídeo que postou no TikTok e foram muitos comentários dizendo que ele era gay, ‘bicha’,” disse o assessor de Walkyria. Uma tia de Lucas chegou a pedir para que o sobrinho apagasse o vídeo após ver seu estado emocional.

Publicidade

Ramos ressaltou que a cantora não pretende deixar o caso impune, e que irá usar sua visibilidade para que casos como este não se repitam. Walkyria se consagrou na música brasileira após comandar a Banda Magníficos por vários anos. Atualmente, a cantora segue com carreira solo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade