in

Youtuber é vítima de gordofobia durante gestação de gêmeos

Os ataques contra a youtuber aconteceram em suas publicações nas redes sociais.

Reprodução/Instagram oficial de Camila Monteiro

A carismática youtuber Camila Monteiro tem curtido bastante sua gestação de gêmeos e feito vários registros em suas redes sociais. No entanto, ela informou que tem sofrido diversos ataques gordofóbicos durante sua gravidez e acabou compartilhando alguns deles em seu perfil do Instagram.

Publicidade

Camila é a voz do movimento Body Positive e utiliza suas redes sociais para compartilhar toda sua luta para ser mãe, que vai de sua gravidez perdida até algumas sessões de fertilização in vitro. A seis meses atrás, a influencer perdeu o primeiro bebê devido a uma gravidez tubária, que é quando o embrião fica nas trompas. 

O anúncio da nova gravidez foi feito em suas redes sociais, ao lado do marido, Carlos Henrique Parra Rebolo, mostrando o teste de gravidez positivo. No entanto, Camila voltou às redes sociais nesta última segunda-feira (02) para expor ataques ‘gordofóbicos’ recebidos nas redes sociais.

Publicidade

,

Publicidade

No texto da publicação no Instagram, Camila fez questão de exaltar a força de todas as mulheres grávidas, puérpera e com filhos crescidos, além de ressaltar que o corpo delas são incríveis, independente do que qualquer outra pessoa diga.

As fotos expostas pela influencer mostram várias ofensas contra sua aparência, sendo chamada de “gorda” e até comparada ao “Papai Noel”. No entanto, Camila também utiliza a publicação para divulgar comentários de algumas seguidoras que relataram ter passado pela mesma situação que a youtuber.

Camila Monteiro ficou conhecida na internet pelo seu processo de emagrecimento, que durou aproximadamente quatro anos. A youtuber perdeu mais de 85kg após ser diagnosticada com obesidade mórbida.

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade