in

Com câncer, comediante diz que teve pensamentos suicidas após várias ameaças de morte

A comediante anunciou estar preste a realizar uma cirurgia para retirada do pulmão.

Reprodução/Instagram oficial de Kathy Griffin

Kathy Griffin utilizou suas redes sociais para revelar que tem lutado contra um câncer no pulmão. A comediante, de 60 anos, informou estar no primeiro estágio da doença e que deve realizar em breve uma cirurgia para remover metade do pulmão esquerdo. 

Publicidade

Em uma publicação nas suas redes sociais, Griffin deu a triste notícia sobre o câncer no pulmão e declarou que seus médicos estão bastante otimistas sobre o tratamento, já que a doença ainda estaria no primeiro estágio e  apenas em seu pulmão esquerdo. A comediante ainda ressaltou que foi diagnosticada com doença, mesmo sem nunca ter fumado.

Griffin afirmou ter muita esperança de não precisar recorrer à radioterapia ou quimioterapia para o tratamento. Ela ainda desabafou sobre os seus últimos anos, dizendo ter vivido um verdadeiro inferno nos últimos quatro anos,  durante algumas tentativas de retorno ao trabalho.

Publicidade

A comediante anunciou estar prestes a realizar uma cirurgia para retirada de metade do pulmão esquerdo e espera estar recuperada em cerca de um mês. 

Publicidade

Pensamentos Suicidas

Em entrevista recente para a ABC na última segunda-feira (02), Kathy Griffin contou detalhes sobre a crise que passou em 2017, após sofrer criticas por mostrar um protótipo da cabeça do ex-presidente norte-americano Donald Trump decepada, chegando a sofrer ameaças de morte.

Publicidade

Ela revelou que acabou viciada em medicamentos prescritos, após perder muito peso e precisar tomar ansiolíticos controlados para tratar alguns distúrbios do sono. Ainda relatou ter presenciado ameaças de morte à sua irmã em uma ligação, enquanto ela estava morrendo de câncer em um hospital. A comediante ficou tão mal com todos os episódios, que chegou a ter pensamentos suicidas.

Kathy afirmou que conseguiu controlar o problema com o tempo, mas em meados de 2020 os pensamentos suicidas acabaram retornando. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade