in

Após filho ser vítima de racismo, Astrid Fontenelle desabafa: ‘Ele ficou desnorteado’

A artista desabafou sobre preconceito que o filho sofreu em praia na Bahia.

Instagram Astrid Fontenelle

Astrid Fontenelle ficou revoltada ao ver o herdeiro Gabriel, ser vítima de racismo na Praia do Morro de São Paulo, na Bahia, onde a família está passando férias. O garoto de 13 anos foi confundido por uma turista com um funcionário do hotel. “Ele ficou desnorteado, triste”, contou a artista.

Publicidade

A apresentadora relatou o ocorrido em uma publicação no Instagram. A loira contou que na praia, o menino foi vítima de racismo estrutural. A mulher o confundiu com o funcionário do hotel que atende a praia, a hóspede pediu um colchonete para ele, e que logo, Astrid mandou ela ir buscar no quiosque. A turista ficou com cara de espanto, como se estivesse perguntando”mas ele não trabalha aqui?”.

Segundo ela, na cabeça da maioria das pessoas, basta ser negro para ser serviçal, e que muita gente se recusa a entender o racismo estrutural ainda tão presente atualmente. A mulher afirmou que isso era coisa da cabeça dela, e que estava dando show porque é artista. Mas, não se trata disso, ela é apenas uma mulher bem informada, que acima de tudo é antirracista, e esse é seu compromisso, não somente com seu filho, mas com qualquer pessoa preta.

Publicidade

No final, a hóspede pediu desculpa para o menino, e ofereceu um livro sobre escravidão de presente, mas a mesma não aceitou. Nos comentários do post, a mulher recebeu apoio de algumas colegas famosas.

Publicidade

Glória Maria declarou todo seu carinho para Gabriel. E afirmou que para pessoas pretas como eles, essa luta nunca tem fim. Não importa se são famosos ou não.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade