in

Demitido após descobrir câncer, ex-repórter do Ratinho expõe mágoa com o apresentador: ‘Ele não me deu a mão’

Ney Inácio ganhou processo contra o SBT e desabafou sobre relação com o antigo patrão.

Instagram Ney Inácio / SBT / Montagem Ghean Fernandes

Após 23 anos de trabalho no Programa do Ratinho, Ney Inácio foi demitido em 2020 e entrou com uma ação na justiça contra o SBT e o apresentador; a época, o ex-repórter da emissora havia descoberto dois tipos de câncer e estava em tratamento contra a doença. Recentemente, o jornalista ganhou o processo e desabafou sobre mágoa com o antigo patrão após a demissão.

Publicidade

Em entrevista concedida ao jornalista Léo Dias, Ney Inácio relatou que Ratinho só entrou em contato com ele após um ano da demissão e que o apresentador do SBT nunca o ofereceu emprego em sua emissora de rádio e televisão, no Paraná, onde vive atualmente.

“Ele não me deu a mão”, desabafou Ney Inácio ao expor a decepção com Ratinho. O ex-repórter do SBT contou que esteve ao lado do apresentador na estreia do programa na emissora e que foi ele quem gravou o primeiro piloto da atração. “Estava lá desde o primeiro programa dele”, contou o jornalista.

Publicidade

Ney Inácio relatou que é amigo de Ratinho há 30 anos, que sempre o ajudou durante os anos de amizade e que acabou ficando magoado por não ter tido uma oportunidade de trabalho na Rede Massa após ser demitido do SBT. “Nunca ofereceu um trabalho. Só promessa, fiquei chateado”, desabafou o repórter.

Publicidade

Léo Dias, que publicou a matéria em sua coluna no portal Metrópoles, contou que tentou entrar em contato com Ratinho, mas foi informado pela assessoria do apresentador que ele não iria se manifestar a respeito do assunto. A equipe do comunicador se limitou a dizer que o artista sempre teve uma boa relação com seus funcionários.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade