in

‘O valor dela é não ter nada de extraordinário’, dispara Delegado sobre Juliette Freire

Delegado Carlos Alberto da Cunha contou tudo e opinou sobre a fama da ex-sister.

Foto: Reprodução RedeTV!

Publicidade

Durante o programa “Foi Mau” apresentado pelo humorista Maurício Meirelles nas noites de segunda da RedeTV!, o convidado delegado da Polícia Civil de São Paulo Carlos Alberto da Cunha, mais conhecido como Delegado Da Cunha rasgou o verbo sobre Juliette Freire, a vencedora do “Big Brother Brasil 21”.

O delegado que ganhou projeção na internet ao filmar momentos das operações na qual participa, comentou sobre o sucesso da ex-sister Juliette Freire “Ela é o padrão de ser humano”, contou ao dizer que o público a acha “legal”, ” O valor dela é não ter nada de extraordinário”, disparou.

Publicidade

No quadro “Momento Juliette”, dentro do programa de Maurício, o delegado caiu na brincadeira e disparou: “Eu acho que a Juliette é o estereótipo que o brasileiro quer; ela é uma super herói feminina normal (sic)”. O delegado completa dizendo que a fama da nordestina existe por ser uma boa pessoa, “um padrão de ser humano que as pessoas acham legal”, conta. Ao final do quadro, Carlos Alberto da Cunha se jogou na brincadeira se derretendo ao charme de Juliette “É destruidora”.

Publicidade

“Foi Mau” exibido na última segunda (26), registrava às 23h12 0.8 pontos no ibope, ficando atrás da Band (Largados e Pelados), SBT (Programa do Ratinho), Record TV (Ilha Record – Estreia) e TV Globo (Olimpíadas de Tokyo 2021). 

Publicidade

Com cerca de 32 milhões de seguidores no Instagram, Juliette Freire é a ex-BBB mais seguida de todos os tempos. O engajamento da morena superou grandes nomes como Neymar Jr, colocando a gata em primeiro lugar no ranking da rede social.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Daniel Spagnuolo

Jornalista MTB 0090259/SP, apresentador e locutor.
Escrevo sobre TV e Famosos há 12 anos e hoje faço parte do podcast tvemais
Instagram @danielbsn
Twitter: @odanielbsn