in

Após se dizer semi-gay, Eduardo Costa é detonado por funkeira: ‘Perigoso’

Funkeira usou suas redes sociais para criticar recentes declarações do cantor no Youtube.

Reprodução/Instagram oficial do Eduardo Costa

O cantor sertanejo Eduardo Costa está entre os assuntos mais comentados das redes sociais após declarações polêmicas em entrevista para um canal do Youtube. Ao se declarar semi-gay, o cantor passou a receber diversas críticas na internet, principalmente entre os participantes do movimento LGBTQIA+.

Publicidade

As declarações de Eduardo Costa foram dadas ao famoso canal do Youtube, Conceito Sertanejo. O cantor teria se definido como “semi-gay” quando explicava seu apreço pela vaidade e procedimentos estéticos que sempre costuma fazer: “Eu sou um cara muito organizado, muito ajeitado, tudo muito arrumado. Eu sou um semigay, eu faço tudo que um ‘viado’ faz, só não dou o c*”. 

A polêmica gerou diversas reações de famosos. Contudo, uma em especial chamou bastante atenção. Trata-se da funkeira MC Rielle, conhecida no Brasil pelos seus hits ‘A Espiã’ e ‘Hoje Eu Tô Safada’, lançados pela KondZilla Records, a maior produtora de funk no Brasil. A cantora está em ascensão no gênero musical brega-funk.

Publicidade

MC Rielle usou seu perfil oficial nas redes sociais para detonar as declarações de Eduardo Costa. Em um vídeo publicado em seu Instagram, a funkeira afirmou que a fala do cantor pode abrir um precedente muito perigoso para as pessoas que acreditam e lutam pela cura gay.

Publicidade

Ainda disparou que o ato de Eduardo Costa é muito irresponsável e perigoso, além de não existir isso de “semi-gay: “ou é gay, ou hétero, ou bi, e etc”. Terminou afirmando que ninguém deveria chegar pisando deste jeito em um movimento tão importante quanto o LGBTQIA+.

Publicidade

Publicidade
Publicidade