in

Após filhos acusarem madrasta de cárcere privado, Cid Moreira se pronuncia: ‘Minha opinião é que prevalece’

Roger e Rodrigo Moreira protocolaram, na última terça-feira, uma ação que pedia a interdição do pai.

Reprodução: Notícias da TV / Isto É - Fotomontagem por Vieira Filho

Na última terça-feira (20), os filhos do eterno jornalista âncora do Jornal Nacional Cid Moreira, de 93 anos, resolveram abrir um processo que solicitava a interdição do pai no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Publicidade

O motivo, de acordo com Rodrigo e Roger Moreira, seria o fato de que a esposa de Cid, Fátima Sampaio, estaria transferindo os bens do marido para a sua família, além de uma possível insanidade mental do pai. Ademais, os dois filhos de Cid Moreira já haviam trazido à tona confusões com o pai em torno da herança do homem.

Na ação protocolada por Roger e Rodrigo, os homens declaravam que o pai possuiria problemas mentais decorrentes da idade e acusavam Fátima de “depenar totalmente o idoso”, declarando que a mulher proibia a família de visitá-lo, mantendo-o, assim, em cárcere privado. Soma-se a tudo isso, ainda, o fato de que a esposa do locutor estaria oferecendo comida estragada a Cid e deixando o idoso sem medicamento.

Publicidade

Declaração de Cid Moreira

Com toda a polêmica que se desenvolveu, na tarde desta quarta-feira (21), o eterno âncora do JN resolveu se manifestar em sua rede social do Instagram, ao lado de sua mulher.

Publicidade

No vídeo publicado por Fátima, Cid aparece sentado à mesa e diz: “A minha opinião é que prevalece”, em tom de possível deboche.

Publicidade

Na legenda da postagem, a mulher declarou que, em 21 anos estando juntos, “o amor e a verdade prevalecem”. Além disso, Fátima aproveitou para destacar que, apesar de a vida do casal parecer um conto de fadas, a confusão serviu para mostrar que o casal é igual a todo mundo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade