in

Luiza Brunet fala sobre gatilho com agressões de DJ Ivis: ‘Me dá muita raiva’

A modelo relembrou caso de agressão que sofreu em 2016 e falou do caso DJ Ivis.

TV Globo

Luiza Brunet declarou que a agressão de DJ Ivis à esposa Pamella Holanda, se tornou um gatilho, e, por causa disso, ela está evitando acompanhar a repercussão que o teve em todo Brasil. “Me dá muita raiva”, contou a modelo e empresária durante uma entrevista para o É de Casa na manhã de hoje(17).

Publicidade

A bela foi convidada para o matinal devido ela ser uma militante no combate à violência sofrida pelas mulheres. A artista sofreu agressão em 2016 e chegou a pensar em desistir de denunciar seu agressor na época.

Durante a conversa com Cissa Guimarães, a convidada do programa disse que não está acompanhando o caso porque sente muita raiva de ver que isso ainda é algo tão comum. Disse que ficou revoltada ao ver a maneira como ele se portou tentando a desqualificar ao ‘explicar uma coisa inexplicável’, porque somente as imagens já eram suficientes para condená-lo.

Publicidade

Outro fato que deixou a bela perplexa foi o fato do cantor está ganhando cada vez mais seguidores depois da agressão vir à tona. Embora tenha perdido contratos, teve músicas apagadas por alguns artistas que eram seus parceiros, ainda assim ganhou mais de 200 mil seguidores novos no Instagram. A sociedade começou a acompanhar ele nas redes sociais. Indignada, Luiza disse que a maioria das pessoas estão seguindo por curiosidade, mas ainda existem aqueles que o admiram depois de tudo.

Publicidade

A artista, militante da causa, frisou que é preciso rever esse tipo de atitude. Pois, a violência contra a mulher fere a sociedade, causa um impacto na economia, pelo fato da mulher ferida não conseguir trabalhar, porque está machucada. E principalmente as crianças que vivem em um lar abusivo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade