in

Polícia Civil da Paraíba abrirá inquérito contra Antônia Fontenelle por xenofobia

Antônia Fontenelle será investigada por comentário xenofóbico contra DJ Ivis.

Reprodução/G1 - Globo

Com a divulgação dos vídeos de agressão do DJ Ivis à sua esposa, Pamella Holanda, vários famosos e influenciadores digitais emitiram sua opinião sobre o assunto. Um desses famosos foi a apresentadora e atriz Antônia Fontenelle. O problema foi que, quando emitiu sua opinião, a atriz foi acusada por xenofobia ao criticar os ataques do produtor musical e será investigada pela Polícia Civil da Paraíba.

Publicidade

Acusação de xenofobia de Antônia Fontenelle

Antônia Fontenelle foi acusada de xenofobia quando utilizou suas redes sociais para criticar os ataques de DJ Ivis à sua esposa. No mínimo, a apresentadora usou mal as suas palavras ao condenar as agressões neste último domingo (11).

A famosa disse que “esses paraíbas” que fazem um pouco de sucesso pensam que podem fazer tudo, se referindo ao produtor musical. A atriz foi criticada por ter sido preconceituosa ao ao utilizar a expressão xenofóbica nas regiões sul e sudeste. Lembrando que o DJ Ivis mora no Ceará, porém é nasceu no estado da Paraíba. 

Publicidade

Polícia Civil abre inquérito contra Antônia Fontenelle

Após o comentário preconceituoso de Antônia Fontenelle, a Polícia Civil da Paraíba resolveu investigar a famosa por crime de preconceito ou discriminação contra a população da Paraíba

Publicidade

Após o início do inquérito policial, poderão ser realizados perícias, diligências e até o interrogatório da famosa. Após os procedimentos, o relatório será enviado para o Poder Judiciário. A Polícia Civil terá 30 dias para realizar a conclusão do inquérito.

Publicidade

O crime pode levar a uma pena de um até três anos de prisão e também à multa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade