in

DJ Ivis é preso após vídeos de agressões à ex serem divulgados e sofre represálias ao chegar na delegacia

A Justiça decretou a prisão preventiva do músico nesta quarta-feira (14).

Reprodução RecordTV

No último domingo (11), Pamella Holanda, ex-mulher do DJ Ivis, usou as redes sociais para denunciar o ex-companheiro por agressões. Uma série de vídeos, em que o músico aparece atacando a mulher, geraram uma grande repercussão nas redes sociais. O DJ se manifestou, alegando que perdeu a cabeça após sofrer uma série de chantagens.

Publicidade

Após a repercussão negativa do caso, Ivis perdeu contratos e teve músicas retiradas de plataformas digitais. Pamella conseguiu uma medida protetiva contra o músico para ela e para a filha menor de idade, que presenciou vários momentos de agressões. Nesta terça-feira (14), em cumprimento ao pedido de prisão preventiva, Ivis foi preso em Fortaleza.

Nas chocantes imagens divulgadas, o DJ aparece agredindo Pamella na frente da filha, de funcionários e até mesmo da sogra. Ao chegar na delegacia, na tarde desta quarta (14), Ivis sofreu represálias de populares que estavam no local. Sob gritos de “covarde”, o músico entrou na delegacia com escolta policial para que sua integridade física fosse resguardada.

Publicidade

A notícia da prisão do DJ foi confirmada pelo governador Camilo Santana. “Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido“, publicou o parlamentar.

Publicidade

Pamella recebeu apoio de anônimos e famosos pelas redes sociais. Uma campanha foi iniciada para que as mulheres tenham coragem de denunciar seus agressores. Casos de violência contra mulheres devem ser denunciados pelo número 180.

Publicidade
Publicidade
Publicidade