in

Ticiana Villas Boas comenta ‘puxada de tapete’ de Patricia Abravavel antes de deixar o SBT

A apresentadora garante que não guarda mágoas do SBT e tem grande admiração por Silvio Santos.

Caras

Ticiana Villas Boas que, em breve, ocupará as noites de sábado da Band no comando do reality Duelo de Mães, resolveu se pronunciar sobre a tão comentada puxada de tapete que levou de Patrícia Abravanel e assim conseguir ficar à frente do Vem Pra Cá ao lado de Gabriel Cartolano nesse programa matinal do SBT.

Publicidade

A apresentadora afirma que as gravações dos seus pilotos deram “super certo” e quando já contava que assumiria a função, foi surpreendida com a notícia de que seria substituída pela filha de Silvio Santos.

Ticiana garante que não ficou chateada com a emissora, pois tem grande admiração por Silvio Santos e por muitos dos profissionais que trabalham na casa.

Publicidade

Segundo ela, “Deus escreve certo por linhas tortas” já que no dia seguinte foi convidada pela Band para o Duelo de Mães, que a deixou mais feliz, pois teria a possibilidade de criar e produzir o seu próprio formato da maneira que achasse melhor.

Publicidade

O seu projeto inicial que marca o seu retorno à Band, após permanecer durante seis anos no SBT, será o Duelo de Mães no sistema de duas temporadas.

Publicidade

É bom salientar que a competição na Band será transformada num programa semanal devendo permanecer na grade de programação da emissora durante 2021 e também 2022.

A estreia está confirmada para o dia 21 agosto no horário das 20h30 nas noites de sábado.

Ticiana é baiana, tem 40 anos. Desde 2011 é casada com o empresário Joesley Batista, com quem tem dois filhos, Joesley, de 5 anos, e Joaquim, de 2. Atualmente a apresentadora está grávida de uma menina. Devido à gestação, as gravações de Duelo de Mães estão sendo antecipadas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade