in

Vítima de DJ Ivis conta com o apoio de famosas depois de denunciar agressões: ‘Choro de alívio’

Pamella Gomes de Holanda relatou que foi espancada por DJ Ivis; vídeo chocou famosas na web.

Instagram Pamella HolandaDJ Ivis

Algumas famosas como Juliette Freire, Pocah e Marília Mendonça ficaram revoltadas com as agressões de DJ Ivis contra a esposa, Pamella Holanda, e resolveram se posicionar nas redes sociais na madrugada de hoje (12). A vítima do músico agradeceu pelo apoio que tem recebido de milhões de pessoas e disparou: “Não vou me calar”.

Publicidade

Depois de postar vídeos em que aparecia sendo espancada pelo ex-companheiro musical de Xand Avião, a mulher publicou no Stories do Instagram um desabafo sobre o período em que esteve casada com o cantor. Ela também fez críticas às pessoas que assistiam às cenas de agressão e não faziam nada para ajudá-la.

Ela relatou que não existe fama, dinheiro, status, posição social, contato ou influência que permita que ele não pague pelo que fez sempre. Apesar de ter se calado durante muito tempo, ela sofria sozinha com a filha, sem o apoio daqueles que diziam estar ali para ajudar, que eram coniventes e sempre testemunharam tudo em silêncio, sem interferir, e afirmavam que ela teria que aguentar calada.

Publicidade

Pamella, que já ganhou muitos seguidores depois que as denúncias foram expostas, afirmou ainda que algumas pessoas diziam que esse era o ‘temperamento’ de DJ Ivis e que, se ela quisesse continuar com ele, teria que aprender a ser submissa. “Não se calem jamais, não vou me calar”, declarou a mulher.

Publicidade

Publicidade

O caso ganhou repercussão nacional na internet ontem (11). Solange Almeida demonstrou estar revoltada com o DJ, assim como aquelas mulheres que ficaram contra a vítima na ocasião.

Publicidade
Publicidade