in

Viúva de Kleber, cantor sertanejo que morreu vítima da Covid-19, comove com desabafo: ‘Foi o pior dia’

A morte do cantor sertanejo que morreu vítima da Covid-19 gerou grande comoção nas redes sociais.

G1

Sem comorbidades e saudável, o cantor sertanejo Kleber morreu após sofrer complicações da Covid-19. O falecimento do artista aconteceu na última segunda-feira, 5 de julho. A perda tão precoce gerou grande comoção nas redes sociais. Ele lutou bravamente contra a doença por 49 dias, mas infelizmente não resistiu.

Publicidade

A viúva do sertanejo abriu o coração e comoveu com um desabafo sobre a perda do marido. Inclusive, ela contou como foi contar para a filha de seis anos sobre a morte do pai. “Eu não perdi simplesmente o Kleber, eu perdi o amor da minha vida, perdi meu melhor amigo, meu confidente, meu sócio, aquela pessoa que me motivava e falava ‘você consegue, você é incrível’”, desabafou Vanda Rios, que é empreendedora e bióloga.

O sepultamento do cantor sertanejo Kleber, que fazia dupla com Kaue, ocorreu terça-feira, 6 de julho, em Araraquara, interior de São Paulo. O rapaz estava hospitalizado por causa da doença desde o final do mês de maio. A viúva acredita que o marido possa ter se contaminado após ter tido contato com um casal de amigos, pois durante a conversa ele tirou a máscara.

Publicidade

Ela conta que permaneceu com a máscara e alguns dias depois o casal ligou para poder contar que estavam contaminados. “Nós ficamos monitorando, até que o Kleber me ligou em um sábado e disse que estava se sentindo mal, como se fosse pegar uma gripe forte. Naquele momento, eu já sabia que não era gripe. Foi o pior Dia das Mães”, desabafou.

Publicidade

Publicidade

Vanda explicou um dia após ter sentido o primeiro sintoma, ele já fez um teste em uma farmácia e testou positivo para a Covid-19. Ela conta que a família era muito unida e que é algo inexplicável não ter se contaminado. A piora do sertanejo somente ocorreu nove dias depois de apresentar os primeiros sinais da enfermidade.

A saturação dele baixou muito e assim que chegou ao hospital o médico já identificou que era caso de UTI – Unidade de Terapia Intensiva. Kleber ficou sete dias usando máscara de oxigênio, mas não resolveu e com o pulmão comprometido em 90% foi necessário intubar. O casal tem uma menina de seis anos e estavam juntos há 14 anos.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.