in

Renata Vasconcellos dá importante notícia para as grávidas ao vivo no Jornal Nacional

Âncora do telejornal da Globo levou ao ar notícia sobre vacinação contra a Covid para grávidas.

Reprodução Globo / Reprodução FetalMed

Renata Vasconcellos apresenta o Jornal Nacional ao lado de William Bonner. Ao vivo no JN, a âncora levou ao ar uma notícia importante para as mulheres que estão grávidas a respeito da vacinação contra a Covid-19. Renata foi clara e não deixou qualquer dúvida sobre o tema.

Publicidade

A jornalista afirmou que o Ministério da Saúde anunciou que grávidas sem comorbidades que ainda não foram vacinadas deverão receber a vacina da Pfizer ou a Coronavac. Isso acontece porque, no momento, a Anvisa suspendeu o uso da vacina AstraZeneca para este público.

Renata também informou que a pasta liderada por Marcelo Quiroga estendeu a proibição para a vacina da Jansen, que usa a mesma tecnologia. Mas e nos casos das mulheres grávidas que receberam a primeira dose da AstraZeneca? Renata também explicou.

Publicidade

“No caso das grávidas que já receberam a primeira dose da Astrazeneca, a orientação é esperar 45 dias após o parto para completar a imunização com a mesma vacina. Ou seja, com a da AstraZeneca. O Ministério não autoriza ninguém a combinar a primeira dose de uma vacina com a segunda dose de outra”, disse a jornalista.

Publicidade

Grávidas deverão receber Coronavac ou Pfizer

A informação passada por Renata Vasconcellos no Jornal Nacional foi clara e direta. Grávidas não devem receber a vacina AstraZeneca. Aquelas que receberam antes da determinação do Ministério da Saúde, deverão esperar 45 para dias após o parto para receberem a nova dose do mesmo imunizante. Quem ainda não foi vacinada, deve receber a da Pfizer ou Coronavac.

Publicidade

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!