in

Equipe de reportagem do SBT é agredida ao tentar falar com a Grávida de Taubaté: ‘Achamos melhor sair’

De acordo com relato da repórter, os profissionais foram surpreendidos pelo suposto marido da Grávida e Taubaté.

Reprodução/SBT

A equipe de reportagem do programa “Vem Pra Cá”, do SBT, acabou passando por um sufoco durante uma reportagem realizada no interior de São Paulo, que foi exibida na manhã de terça-feira, 6. Isso porque os profissionais acabaram agredidos ao tentarem contato com a Grávida de Taubaté, Maria Verônica Aparecida César Santos.

Publicidade

O principal objetivo da reportagem era promover um reencontro entre Maria e a apresentadora Chris Flores que, vale lembrar, foi a responsável por desmascarar a falsa gestação da moça, isso enquanto ela ainda trabalhava na Record TV.

No entanto, a reportagem acabou não saindo como o planejado, já que enquanto os profissionais estavam parados em frente à casa da famosa Grávida de Taubaté eles acabaram sendo agredidos por um homem que estava chagando ao local. Depois disso, não demorou muito para que o autor das agressões fosse apontado como sendo o marido de Maria Verônica.

Publicidade

De acordo com relato da repórter, eles foram surpreendidos pelo esposo da Grávida de Taubaté que partiu para cima da equipe de reportagem que estava no local.

Publicidade

Além disso, enquanto imagens de um dedo sangrando surgia ao ar, a repórter contou ter ficado nervosa porque, além de puxar a câmera, o suposto marido dela quase chegou a agredir o cinegrafista da emissora. Diante do ocorrido, a repórter diz que eles saíram do local. “Achamos melhor e mais seguro sair”, relatou.

Publicidade

Após a reportagem, Chris Flores fez questão de comentar sobre o ocorrido. Segundo a apresentadora, tudo aconteceu porque, diferente da Grávida de Taubaté, o marido dela pode não ter superado tudo que aconteceu e, inclusive, deve estar sendo acusado de ser cúmplice da esposa, isso porque não descobriu sobre a falsa gestação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade