in

Romário sofre dura punição da Justiça e detalhes são expostos; ex-jogador mentiu

Ex-jogador e senador recebeu ultimato da Justiça do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (1º).

Pedro Ladeira/Folhapress - Veja

O ex-jogador e atual senador da República, Romário (PL-RJ) entrou na mira da Justiça do Rio de Janeiro. De acordo com informações do jornal “O Globo”, os bens do craque serão leiloados em função de uma dívida milionária pendente.

Publicidade

A lista de bens que serão colocados à disposição para arremates conta com dois carros de luxo – um Porsche e um Audi – além de uma lancha, e uma residência situada em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca.  

As cifras arrecadadas nesta praça de leilão serão utilizadas para o pagamento de uma dívida do ex-jogador com uma empresa em que ele foi sócio, o restaurante Café do Gol. O ex-jogador rompeu contrato com a referida empresa há 20 anos, mas ficaram pendências a se resolver.

Publicidade

O leilão com os bens do parlamentar será realizado de maneira virtual, através de uma plataforma na internet. No site, os interessados poderão formular propostas. O prazo máximo para lances vai até o dia 7 de julho. Contudo, caso os valores de R$ 8 milhões, no somatório das vendas, não seja alcançado, uma nova rodada será disponibilizada pelo prazo de mais uma semana. Já nesta segunda fase, caso seja necessário, os lances mínimos cairão pela metade. 

Publicidade

Muita grana

Ainda segundo o jornal “O Globo”, a dívida de Romário para com a empresa está fixada em R$ 20 milhões. 

Publicidade

Entre os bens que serão colocados à disposição para arremate, a casa é o de valor mais expressivo. O lance mínimo para a residência que conta com um terreno de 1.575 metros, está fixado em R$ 6,5 milhões

Durante o curso do processo, que já perdura mais de uma década, a irmã de Romário chegou a afirmar que o bem seria da família e não poderia vir à leilão, mas a Justiça chegou à constatação de que o imóvel é de propriedade do senador. 

Em 2018, o ex-jogador chegou a conceder uma entrevista ao “O Globo”, e negou ser o dono da residência, algo que foi desmentido pouco depois pela responsável por vender a casa.

Publicidade
Publicidade