in

Receita Federal encontra indícios de crime na Globo e toma atitude contra a emissora

Órgão encaminhou representação contra a emissora para o Ministério Público.

REPRODUÇÃO/TV GLOBO E RECEITA FEDERAL

Desde 2019, a Receita Federal tem investigado contratos de pessoa jurídica (PJ) feitos pela TV Globo. A Receita identificou que há indícios de crimes tributários e encaminhou uma presentação ao Ministério Público Federal (MPF). A representação terá fins penais.

Publicidade

De acordo com o site Notícias da TV, o documento indica que quatro executivos da Globo eram os responsáveis pelas contratações PJ. A emissora garante que todos os contratos feitos com artistas estão dentro do que a lei permite.

Os executivos que participaram das contratações são Jorge Nóbrega, presidente do Grupo Globo desde 2017; Marcelo Soares, diretor-geral da Som Livre desde 2011; Carlos Henrique Schroder, diretor-geral entre 2013 e 2019 e diretor-executivo entre 2020 e junho deste ano; e Rossana Fontenele, diretora-executiva, responsável pelo projeto Uma Só Globo.

Publicidade

Os dois primeiros continuam na emissora. Carlos e Rossana já saíram da Globo. Rossana, Schroder e Soares aparecem na foto acima. Se houver condenação, a emissora e/ou os profissionais devem ser punidos com multas. Na representação junto ao MPF, a Receita afirmou que os prestadores de serviço (artistas contratados) atuaram junto à Globo para forjar relação de trabalho.

Publicidade

Publicidade

O objetivo, segundo a Receita, era pagar menos impostos. Os nomes dos quatro diretores da emissora aparecem no documento. A Receita Federal se baseia na Lei 8.137/1990, que versa sobre a sonegação fiscal, para autuar a emissora e representá-la junto ao MPF. O Ministério Público é responsável por oferecer a denúncia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!