in

Anestesia da cesárea causou doença que matou Mabel Calzolari aos 21 anos; atriz deixa um filho de quase 2 anos

Jovem não resistiu e faleceu após lutar contra uma condição rara chamada aracnoidite torácica.

INSTAGRAM MABEL CALZOLARI

Na última segunda-feira (21), a triste notícia sobre o falecimento de Mabel Calzolari aos 21 anos causou comoção do público. A atriz, que lutava contra rara doença, não resistiu e acabou falecendo após ser submetida a inúmeras cirurgias para tentar reverter o problema causado pela anestesia da cesárea durante o parto de Nicolas, de 1 ano e 11 meses. 

Publicidade

Desde 2019,  Mabel Calzolari lutava contra a aracnoidite torácica, uma condição rara que causa a inflamação de uma membrana muito fina, que envolve todo o sistema nervoso central. Submetida a raquianestesia para dar à luz ao primeiro filho, a atriz acabou sendo diagnosticada com a doença que a levou a morte.

Marcelo Valadares, médico neurocirurgião, conversou com o UOL e contou que a aracnoidite torácica é uma condição bastante rara e não costuma ser frequente e nem esperada pelos médicos. “Normalmente não acontece aracnoidite quando se faz uma cesárea”, disse o médico apontando a condição rara que acabou acometendo Mabel Calzolari.

Publicidade

A aracnoidite acontece quando algum elemento estranho, um agente biológico, como uma bactéria e vírus, ou alguma substância tóxica entra dentro da membrana. No caso da atriz, a anestesia durante o parto acabou ocasionando a doença. O médico explicou que, também em casos raros, um projétil de arma de fogo que atinja a coluna de uma vítima pode causar a inflamação, dando início a doença.

Publicidade

Com complicações causadas pela aracnoidite torácica, Mabel Calzolari faleceu após sofrer uma parada respiratória e cardíaca, conforme informou uma amiga da atriz pelas redes sociais. A jovem, que atuou em novelas da Rede Globo, deixa um filho de quase 2 anos de idade.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade