in

Morte de Abrahão em Gênesis está prevista para ir ao ar no capítulo de terça-feira

Para Zécarlos Machado, que viver esse personagem bíblico foi intenso, desafiador e de muita exigência.

Record TV

Com a morte de Abrahão prevista para ser exibida no capítulo de Gênesis desta terça-feira, Zécarlos de Andrade, que vive esse personagem na novela bíblica da Record TV, declarou que foi uma honra ter feito esse trabalho, pois foi desafiador, intenso e de muita exigência.

Publicidade

O ator também afirma que como artista e ser humano, representar um personagem de tamanha relevância e representatividade foi como uma espécie de missão. E apesar da grande responsabilidade, lhe proporcionou um prazer infinito e um enorme prazer, pois no decorrer de toda a trama se sentiu desafiado, principalmente como ator após tantos anos de carreira.

Aos 71 anos, Zécarlos não mediu esforços e se dedicou a esse trabalho mesmo durante o agravamento da pandemia com protocolos sanitários que foram reforçados durante o intenso período de gravações. Diante disso, interpretar Abrahão lhe trouxe um novo pensamento.

Publicidade

Ainda segundo ele, em Gênesis, teve a oportunidade de realizar um trabalho de espiritualidade muito grande, que estamos necessitando atualmente, e o fez refletir sobre o seu próprio comportamento na certeza de que caminhou para o seu crescimento não só como ator, mas acima de tudo como ser humano.

Publicidade

O ator afirma que durante essa novela bíblica, precisou passar por mudanças internas para poder interpretar com a verdade necessária tudo aquilo que o personagem estava levando adiante, pregando e defendendo. Além disso, Abrahão mostrou que, através do amor e do afeto, é amigo, companheiro,  um exemplo a ser seguido.

Publicidade
Publicidade
Publicidade