in

Novelista Carlos Lombardi passa mal é dá entrada às pressas na emergência de hospital

Ele sofreu duas paradas cardíacas e embora já tenha melhorado, ainda, permanece internado.

Observatório da TV

O novelista Carlos Lombardi, de 58 anos, passou mal em sua residência no início desta semana e foi levado às pressas ao Hospital Israelita Albert Einstein, no Morumbi, zona sul de São Paulo, onde deu entrada no setor de emergência.

Publicidade

Ao chegar no local, Lombardi teve duas paradas cardíacas e por orientações médicas está internado desde o ocorrido para a sua total recuperação.

O novelista, que espera receber alta e voltar para casa ainda neste final de semana, declarou que vem recebendo toda a assistência médica da equipe especializada que está cuidando do seu caso e também dos amigos e familiares. Seus dois filhos e mais um amigo estão fazendo um revezamento para que ele não permaneça sozinho durante esse período de internação.

Publicidade

Lombardi revelou também, que após dar entrada no hospital, seu estado de saúde foi se agravando o que causou a primeira parada cardíaca. Após ser reanimado e a situação contornada, ele sofreu a segunda, que também foi resolvida pelos seus médicos.

Publicidade

O novelista garante que o pior já passou e só ficou o susto. Após passar por um cateterismo, Lombardi foi orientado a mudar vários dos seus hábitos do dia a dia.

Publicidade

Após alguns dias de descanso e obter liberação médica, pretende retomar, pouco a pouco, as suas atividades profissionais, pois está desenvolvendo projetos, que no momento vem mantendo em segredo.

Lombardi escreveu novelas de enorme sucesso como Vereda Tropical, Bebê a Bordo, Quatro por Quatro, Perigosas Peruas, Uga Uga, Vira Lata, Kubanacan e Pé na Jaca, todas exibidas pela Globo.

Para a Record TV escreveu Pecado Mortal, que foi o seu último trabalho no gênero.

Publicidade