in

Mãe de Eliza Samudio diz que filha foi morta ‘porque sabia demais’ e conta qual seria o segredo do goleiro Bruno

Em entrevista, Sônia Moura fez novas revelações a respeito da filha e expôs o acusado pela morte.

UOL

Completando 12 anos da morte de Eliza Samudio nesta quinta-feira (10), o canal Na Real, do Youtube, traz entrevista com a mãe da modelo que fez revelações sobre o caso e afirmou não acreditar que a filha tenha sido vítima de um crime passional. Para Sônia Moura, Eliza teria descoberto segredo do goleiro Bruno e foi assassinada por queima de arquivo.

Publicidade

Em trechos da entrevista, divulgada pela jornalista Fábia Oliveria, do O Dia, Sônia Moura conta que Eliza Samudio sabia demais a respeito da vida do goleiro e expôs qual seria o segredo que Bruno estaria tentando esconder na época. Segundo a mãe da modelo, Bruno teria ligações com o traficante Nem, no Rio de Janeiro, e estaria envolvido com o tráfico de drogas e caça-níquel.

“Está tudo dentro do processo. O promotor Henry Wagner Vasconcelos de Castro mostra que o Bruno era garoto-propaganda do Nem”, relatou Sônia Moura. A mãe de Eliza afirmou que a filha teria descoberto a ligação de Bruno com o traficante e por esse motivo teria sido morta.

Publicidade

Sonia Moura também defendeu que a filha não ficou grávida após passar apenas uma noite com Bruno. A mãe de Eliza contou que os dois se relacionaram por pelo menos quatro meses. “Existem provas anexadas”, relatou Sonia Moura, que possui a guarda do neto desde que a filha foi assassinada.

Publicidade

A mãe de Eliza contou que guarda todo o processo referente ao caso para mostrar a Bruninho caso ele queira tomar conhecimento um dia sobre o que teria acontecido com a mãe. Sônia disse que o neto já sabe que o pai matou a mãe, mas não contou em detalhes como o crime realmente aconteceu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade