in

Ex-bailarina do Faustão põe fim em seu relacionamento e justifica: ‘Descobri que era bolsominion’

A modelo passará o Dia dos Namorados sozinha após descobrir o posicionamento político do namorado.

Reprodução/Instagram

Desde o registro de sua candidatura, o presidente Jair Bolsonaro tem dividido o país entre seus apoiadores e sua oposição, criando lados fortemente expressivos e bem definidos, tornando a divergência de ideologias cada vez mais determinante e criando atritos até mesmo em amizades de longas datas.

Publicidade

Além disso, não são apenas as amizades que estão em jogo quando o assunto são as desavenças políticas e os atritos de ideias e conceitos. Muitas vezes até mesmo os relacionamentos amorosos acabam sofrendo um desgaste por conta desse tipo de atrito.

Esse foi o caso da bailarina e modelo Carol Tozaki. Para ela, o ditado antes só do que mal acompanhada é algo que deve ser seguido à risca e estar acompanhada de alguém com determinados posicionamentos políticos é algo inaceitável.

Publicidade

A ex-bailarina do Domingão do Faustão revelou que pôs fim ao seu relacionamento por conta de posicionamento e político e, por conta disso, passará o Dia dos Namorados sozinha.

Publicidade

“Descobri que ele era ‘bolsominion’ e terminei o namoro na hora”, declarou a dançarina. “Eu não tolero e infelizmente as atitudes dele não me agradavam”, completou.

Publicidade

A modelo, que agora está completamente solteira, demonstrou que precisa de alguém mais alinhado com seus ideais políticos e acrescentou ainda que na próxima tentativa de firmar um relacionamento, antes de qualquer outra coisa, conversará sobre política com o pretendente.

“Acho que essas coisas devem ser conversadas já no primeiro encontro, ou até antes, nas trocas de mensagens”, conclui a artista.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.