in

Morre irmã do cantor Criolo, vítima da Covid-19; ela deixa filho de 12 anos órfão

Cleane era professora de artes e lutou contra a doença até o fim. Família de Criolo publicou mensagem de despedida.

Criolo / Instagram Anselmo Cunha/Nonada

Morreu, no último sábado, 5/6, a irmã do cantor Criolo, aos 39 anos de idade. A informação só foi divulgada nesta segunda-feira, 8/6, por familiares do artista, através das redes sociais. Cleane Gomes era professora de artes e vinha lutando contra a doença, mas acabou não resistindo e faleceu. A família do cantor publicou uma mensagem para Cleane por meio das redes e a mãe homenageou a filha.

Publicidade

Cleane lecionada no Centro de Arte e Promoção Social do Grajaú, em São Paulo e também na Escola Municipal de Ensino Fundamental Jardim Sipramar. A informação foi confirmada para o site G1 pelo Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo, que representa a categoria.

A profissional da educação foi homenageada também por colegas, na segunda-feira, durante um protesto que pedia vacina para todos, em frente à Câmara Municipal. Pessoas que conheciam a irmã do cantor Criolo lamentaram a sua morte, que se soma às quase 500 mil vítimas de Covid-19 no Brasil, atualmente.

Publicidade

Família de cantor Criolo se despede da irmã dele, vítima de Covid-19

Na publicação, a mãe de Cleane, Maria Vilani, escreveu que seu sonho era ter uma filha. Para ela, Cleane foi seu maior presente, seguida de Cleyton e Kleber, conhecido também como o cantor Criolo.

Publicidade

“Parecia que você não queria vir a esse mundo, mas aceitou a missão para fazer-me feliz”, lembra a matriarca.

Publicidade

Veja abaixo a publicação da família de Cleane.

A professora deixou um filho de 12 anos de idade. 

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tadeu Goulart

Assuntos chocantes, novidades da televisão, famosos e política: tudo você encontra aqui.