in

Após atitude homofóbica ao vivo, cantor Zé Neto pede desculpa: ‘Tenho gays na família’

O cantor Zé Neto pediu desculpas após atitude homofóbica em live com camisa do São Paulo.

Instagram Zé Neto

O sertanejo Zé Neto, que faz parte da dupla com Cristiano, pediu desculpas depois de ter sido considerado homofóbico durante uma live que aconteceu ontem(5). O músico fez uma performance ‘imitando’ um gay, após vestir a camisa do São Paulo Futebol Clube. Assim que se deu conta da repercussão negativa nas redes sociais, o cantor se justificou dizendo: “Tenho gays na família”.

Publicidade

Zé Neto iniciou que tudo não passou de uma brincadeira, pois as pessoas sempre costumam brincar com esse assunto. O cantor também diz que sabe que existem as causas, assim como tem pessoas da sua família que são de outras opções sexuais, e ele sempre respeitou todo mundo. Em seguida, ele foi interrompido e corrigido ao vivo no momento que usou a palavra ‘opção’.

O artista completou que a intenção dele era somente brincar, as pessoas estavam ‘zoando’ algo que não tem nada a ver. Mas, pediu desculpa caso alguém tenha se sentido ofendido.

Publicidade

Na sequência, disse que as pessoas entenderam mal o que ele falou, pois, ele tem gays na família, assim como alguns amigos que trabalham com ele, e nunca teve nenhum tipo de preconceito com ninguém que tenha outro tipo de opção sexual, que sempre respeitou todo mundo.

Publicidade

O cantor ainda citou os herdeiros para tentar limpar sua barra. Falou que tem filhos pequenos, e que não sabe o que eles serão futuramente. E caso a brincadeira tenha sido de mal gosto para algumas pessoas, pediu desculpa mais uma vez.

Publicidade

Fanático pelo Palmeiras, Zé Neto perdeu uma aposta e por esse motivo precisou vestir a camisa do time rival. Em seguida, ele fez gestos que estereotipam os homossexuais. A seguir, ele contou que foi ‘mal interpretado’.

Publicidade
Publicidade
Publicidade