in

Kelly Key relata agravamento de doença pelo corpo e desabafa: ‘Lesões tomaram mais de 50% da minha pele’

Em entrevista ao jornal O Globo, cantora falou a respeito da psoríase e mostrou fotos no Instagram.

REDE GLOBO

Kelly Key, que se destaca por seu talento na música e se tornou referência de beleza para muitas mulheres, abriu o jogo em entrevista ao jornal O Globo e relatou momento delicado que viveu após ter grande parte do corpo tomado pela psoríase. A cantora deu detalhes do agravamento da doença, e através do Instagram exibiu imagens das lesões.

Publicidade

A artista contou que descobriu a doença autoimune no ano passado durante uma temporada em Portugal e relatou que a psoríase se agravou pelo corpo após ser diagnosticada com Covid-19. Submetida a exames e uma biópsia, Kelly Key foi diagnosticada com a doença e logo deu início ao tratamento.

“Minha médica entrou com um imunossupressor. As lesões tomaram mais de 50% da minha pele, pernas, costas, cotovelo. A crise foi bem séria. O remédio me salvou e hoje as lesões estão cicatrizadas”, disse Kelly Key, relatando o agravamento e o controle da doença.

Publicidade

Após abrir o jogo a respeito da psoríase, Kelly Key causou repercussão na mídia e resolveu dar maiores informações por meio do Instagram. A cantora mostrou imagens das lesões que sofreu pelo corpo e respondeu perguntas enviadas pelos seguidores.

Publicidade

Pelos stories do Instagram, a artista explicou o que seria a psoríase, deu maiores detalhes de como descobriu a doença e compartilhou o tipo de tratamento que vem realizando com imunossupressor. Nos registros, Kelly Key mostrou manchas brancas que ainda ficaram pelo corpo e contou que segundo sua médica podem levar até dois anos para a pele voltar a coloração normal.

Publicidade
Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade