in

Gênesis: após receber alerta divino, Abimeleque liberta Sara e fica livre de maldição cruel

Abimeleque (Leonardo Franco) se arrependerá de ter tomado Sara (Adriana Garambone).

Record

O rei Abimeleque irá se comportar após ter tomado uma bronca de Deus na trama bíblica da Record. O monarca ficará preocupado com um sonho assustador que teve e por isso liberará Sara do seu harém. Enquanto estava dormindo, o monarca recebeu o alerta divino: ou devolve a mulher ou todos irão morrer no palácio de Gerar.

Publicidade

O marido de Najla devolverá a irmã de Adália no capítulo que vai ao ar hoje (2) à noite. O rei chamará Abraão até o palácio e perguntará a razão pelo qual o escolhido de Deus não disse que era casado com a filha de Terá. Furioso, o soberano gritará porque ele mentiu para todos.

Preocupado, o tio de Ló pedirá desculpa para o rei, e dirá que sempre atendeu seus pedidos, em seguida, perguntará se Sara está bem. Abimeleque questionará qual foi seu pecado para trazer tanta culpa sobre ele e seu reino e qual era a intenção do idoso ao mentir dessa forma, se referindo ao fato que suas esposas não conseguem mais engravidar.

Publicidade

O pai de Ismael entenderá a razão do diálogo e fará de tudo para se explicar. Ele justificará que muitos reis têm o costume de tomar as mulheres para si e matar seus maridos na sequência. O protagonista contará que também é meio-irmão de Sara, porém, se casou com ela.

Publicidade

O pai de Omar alertará o senhor de Agar que sua omissão lhe custou muito caro para a convivência dentro do palácio. O monarca dirá que Abraão colocou todos em uma situação delicada e perigosa. O amigo de Adália estará ciente das consequências dos seus atos e reforçará seu pedido de desculpa. Ele dirá que nunca teve a intenção de causar nada disso. Quando saíram da casa de Terá para vagar pelo mundo, pediu para Sara falar que ela era sua irmã, pois assim não iria correr o risco de ser morto caso algum rei se interessasse por ela.

Publicidade

De mãos atadas, o rei engolirá seco e pedirá para que os soldados levem Sara até o local. O monarca dirá que jamais tocou na mulher, e ela pode confirmar isso, por isso, Sara é dele novamente. Os dois se abraçarão felizes e o protagonista dirá que agora eles estão livres.

Publicidade
Publicidade
Publicidade