in

Príncipe Philip, marido da rainha Elisabeth II deixou dinheiro a funcionários em testamento

Philip morreu em abril deste ano com 99 anos de idade e deixou algumas surpresas em seu testamento.

Reprodução AFP/ Annie Leibovitz

O Príncipe Philip morreu no mês de abril, aos 99 anos de idade. Sempre muito querido pelos fãs, o marido da rainha Elisabeth II, da Inglaterra, estava doente há algum tempo. Antes de partir, o duque de Edimburgo deixou seu testamento pronto e com algumas surpresas. De acordo com a mídia internacional, o Príncipe Philip deixou dinheiro para três de seus mais leais empregados. Um gesto que está sendo muito elogiado pelos britânicos.

Publicidade

Príncipe Philip generoso com seus funcionários

O marido de Elisabeth II teria deixado, ainda assim, a maior parte de sua fortuna para sua esposa. A viúva vai herdar quase todo o dinheiro, que não é tão pouco. O príncipe Philip tinha uma fortuna avaliada em 34 milhões de euros (R$ 247 milhões, aproximadamente). Ele era realmente muito rico, mas na hora de escolher seus herdeiros não teve dúvidas em acrescentar os nomes de três dos homens de sua confiança.

“Ao contrário de outros membros da realeza, o príncipe Philip teria sido generoso com três dos homens que tomaram conta dele. Isto inclui seu secretário pessoal, Brigadier Archie Miller Bakewell, seu pajem, William Henderson, e seu empregado particular, Stephen Niedojadlo”, escreve o jornal The Sun. Essa foi a forma que o príncipe Philip escolheu para agradecer às pessoas que tanto ajudaram ele durante sua vida.

Publicidade

Aliás, esses homens cuidaram de Philip em vida, mas nem na morte saíram do seu lado. Apesar de o funeral ter ocorrido com todas as recomendações das autoridades de saúde e, por isso, com pouca gente, eles estiveram presentes nas cerimônias fúnebres, como sempre demonstrando sua lealdade e amizade para com o duque de Edimburgo.

Publicidade

https://www.instagram.com/p/CNvgmIznDdK/

Publicidade

Filhos do Príncipe Philip terão acesso a seus livros

Não se sabem mais detalhes sobre esse testamento, além de que a maior parte deste dinheiro ficará nas mãos da rainha. Porém, seus quatro filhos terão  acesso a uma de suas maiores riquezas: sua famosa coleção de livros. O príncipe Philip tinha mais de 13 mil livros. De acordo com o jornal inglês The Sun, a princesa Anne, o príncipe Charles, o príncipe André e o príncipe Eduardo podem “pegar o que quiserem” da coleção de livros de seu pai. 

Publicidade
Publicidade