in

Helicóptero da RecordTV sofre atentado, piloto é baleado e faz pouso de emergência no RJ

Darlan da Silva Santana foi atingido durante intensa troca de tiros entre policiais e criminosos.

UOL / RECORD TV / MONTAGEM GHEAN FERNANDES

Na manhã da última sexta-feira (28), Darlan da Silva Santana foi atingido por disparo de arma de fogo enquanto sobrevoava o Morro da Mangueira, na Zona Norte do Rio de Janeiro, com helicóptero da RecordTV. Em meio ao atentado, o piloto precisou fazer um pouso de emergência e logo em seguida foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Publicidade

Darlan da Silva Santana e um cinegrafista da RecordTV estavam a trabalho para a emissora quando foram surpreendidos por um tiroteio. O piloto, que fez um pouso forçado após ser baleado foi socorrido logo em seguida e passa bem, conforme informou o Notícias da TV, do UOL. O outro profissional presente no helicóptero não foi atingido pelos disparos.

Ainda de acordo com o UOL, a troca de tiros entre policiais e criminosos aconteceu após agentes da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) iniciarem uma patrulha na rua Visconde de Niterói, na Mangueira. Bandidos da comunidade receberam os homens da corporação com disparos de armas de fogo e o confronto foi inevitável por parte da polícia.

Publicidade

A 17ª DP (Delegacia de Polícia), em São Cristóvão, registrou a ocorrência e agora a Polícia Civil investiga o caso. Uma perícia será realizada no helicóptero para identificar qual tipo de armamento foi utilizado para o disparo que atingiu a aeronave da RecordTV.

Publicidade

Em nota oficial, associações de imprensa repudiaram o ocorrido e se manifestaram sobre o caso. “Consideram de extrema gravidade o atentado contra um helicóptero da Record TV”, disse o pronunciamento. A ABERT, ANER e ANJ também disseram que seguirão lutando para o esclarecimento do caso e apuração rigorosa dos fatos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade