in

Apresentadora da Record diz que foi demitida por postar algo que muitas mulheres postam no Instagram: ‘Absurdo’

Através da rede social, Mariana Martins falou sobre o ocorrido; emissora se pronunciou.

RECORD TV / MARIANA MARTINS / MINTAGEM GHEAN FERNANDES

Mariana Martins, que há cerda de dois anos deixou a Globo para trabalhar como apresentadora na Record Goiás, usou as redes sociais para contar aos seguidores que havia sido demitida da emissora atual. Indignada, a jornalista alegou que o desligamento da empresa aconteceu por ela postar fotos de biquíni no Instagram, algo bastante comum entre as mulheres, e repudiou o ocorrido.

Publicidade

A apresentadora afirmou que foi vítima de situações de machismo na Record Goiás e desabafou contando detalhes do que teria vivenciado na emissora. Segundo Mariana Martins, a empresa queria que ela se transformasse em outra pessoa e em uma reunião teria sido exposta diante de outros profissionais.

“Colocaram nessa reunião várias fotos das minhas redes sociais, com a presença de várias pessoas me constrangendo. Um absurdo. Colocaram fotos minhas de biquíni, fotos minhas em viagens”, disse Mariana Martins em trecho do vídeo.

Publicidade

A jornalista ainda contou que teria sido vítima de preconceito por parte de uma gerente da emissora. Mariana alegou que a profissional chegou a dizer que ela sensualizava no jeito de andar e falar durante o jornal que apresentava.

Publicidade

No vídeo, a apresentadora disse aos seguidores que tentou se defender alegando que não havia necessidade de mudar sua postura para atrair a atenção do público para seu programa. “O que fideliza o público é ele ver a denúncia dele no ar, ele ver a reclamação dele no ar, um jornalismo imparcial”, disse Mariana, que acabou desligada da emissora mesmo com os argumentos apresentados.

Publicidade

https://www.instagram.com/p/CPT6TxCnyVK/

O portal Notícias da TV, do UOL, que replicou a notícia, informou que procurou a Record para um pronunciamento a respeito do assunto. A resposta da emissora foi que a demissão de Mariana Martins teria acontecido apenas por questões profissionais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade