in

Amigo que estava com MC Kevin no hotel antes da morte do cantor desabafa e diz estar ‘sofrendo ameaças’

MC Kevin estava hospedado em um hotel na Barra da Tijuca e acabou caindo do 5º andar.

Metropóles

A morte do cantor Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, de 23 anos, impactou o Brasil no último final de semana, e vem sendo amplamente repercutida em função dos mistérios ainda a serem solucionados pela Polícia Civil que investiga o caso.

Publicidade

Presente no quarto do hotel situado na Barra da Tijuca em que Kevin estava, o funkeiro Victor Elias Fontenelle, conhecido como MC VK, utilizou as redes sociais para desabafar sobre o momento vivido diante da perda do amigo, e se defendeu afirmando que “não foi autor de nenhuma situação”, que viesse a provocar a morte do artista.

Em seu perfil no Instagram, VK disse que todos saberão da verdade. No depoimento prestado ao delegado Henrique Damasceno, titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), o jovem de 23 anos relatou que ele e Kevin convidaram a modelo Bianca Domingues para o quarto onde ele estava hospedado. 

Publicidade

No local, os três teriam tido relações íntimas com a jovem. Bianca, por sua vez, também depôs e confirmou a relação sexual com o cantor. 

Publicidade

Segundo os dois, o funkeiro teria despencado da varanda ao executar uma tentativa de salto para o apartamento debaixo, com receio de ser flagrado pela esposa, que também estava hospedada no hotel. 

Publicidade

Segundo depoimento dos dois, Kevin teria caído da varanda ao tentar saltar para o quarto abaixo por acreditar que a esposa, a advogada Deolane Bezerra, hospedada no mesmo hotel, poderia flagrar o trio.

“Não acreditem em nenhuma opinião. A verdadeira verdade vai ser exposta (sic). Eu tenho compromisso de passar o ocorrido para vocês. Todas as notícias estão falsas”, iniciou MK, afirmando na sequência que estava exausto diante do cenário das últimas horas.

O funkeiro, por fim, ainda revelou ter sido vítima de ameaças. “Estou de luto, sofrendo ameaças e sem chão por dentro, quem conhece meu coração, conhece!!!”, pontuou VK.

Exame toxicológico 

Responsável pelo caso, o delegado Henrique Damasceno solicitou que o corpo de MC Kevin fosse submetido a exames toxicológicos para identificar se o cantor havia feito uso de drogas e álcool um pouco antes de morrer. O resultado deve sair nos próximos dias.

No depoimento à polícia, a mulher do cantor, a advogada Deolane Bezerra, disse que o esposo havia utilizado álcool, maconha e uma droga sintética, que tem como efeito colateral possíveis alucinações.

Publicidade
Publicidade
Publicidade