in

Marcos Oliveira, o Beiçola, conta com a ajuda de amigo para sobreviver: ‘Sou sozinho’

O ícone de A Grande Família passa por problemas financeiros e precisa de ajuda para sobreviver.

Uol

O ator Marcos Oliveira é dono de um personagem inesquecível da TV brasileira. Ele é o Beiçola de A Grande Família e durante a pandemia de coronavírus está enfrentando muitos problemas financeiros para conseguir se manter. Em uma entrevista o ator contou que aos 64 anos conta com a ajuda de um amigo para sobreviver.

Publicidade

O eterno beiçola está passando por problemas financeiros

O ator contou que para conseguir sobreviver ele recebe a ajuda de um grande amigo que mora na Europa e que ocasionalmente compra algumas coisas para ele comer, além disso, ele também tem um fã, no interior de São Paulo, que também o ajuda. Segundo ele, o fã fez uma vaquinha para ele conseguir pagar suas contas.

“Sou sozinho, não tenho família. Vivo apenas com minhas três cadelas.”, Disse Marcos, que também lamentou não conseguir trabalhos na TV nem no teatro. Segundo o eterno Beiçola, ninguém o convida para trabalhar e sua situação financeira está cada vez mais caótica.

Publicidade

Mesmo aposentado ele terá que trabalhar

Ele contou que espera que tudo isso melhore depois que ele conseguir sua aposentadoria. Prestes a completar 65 anos, o ator espera que com o dinheiro da aposentadoria consiga uma casinha em um sítio, onde poderá viver bem.

Publicidade

Marcos passou por um cateterismo, após sofrer um infarto em setembro do ano de 2020, segundo ele, após o procedimento, só em remédios, ele chega a gastar mais de R$ 1000 por mês. Sendo assim, ele afirmou que mesmo aposentado, não poderá parar de trabalhar, pois, o valor do salário de um aposentado não comportaria as despesas que ele tem com farmácia.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.