in

Luan Patrício, ex-BBB, vende água de coco para sobreviver

Ele participou do BBB15 e foi o sétimo eliminado da competição após causar discussões e polêmicas.

Gazeta Web

Nem todos os participantes do Big Brother Brasil tiveram a mesma sorte no campo profissional. Enquanto alguns assinaram contratos com a Globo, fizeram campanhas publicitárias ou até mesmo participação em eventos muito bem remunerados, outros voltaram ao anonimato e dão duro para manter os boletos em dia.

Publicidade

Luan Patrício, por exemplo, que participou do BBB15 aos 23 anos, e foi o sétimo eliminado da competição vencida pelo advogado e economista paranaense Cézar Lima, não se deu bem na TV.

Atualmente, para sobreviver, Luan está vendendo água de coco e refrigerantes num carrinho estacionado na Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul do Rio de Janeiro. Nos fins de semana, ele também monta ao ar livre um pula-pula para também obter um certo lucro junto às crianças.

Publicidade

Durante o período em que este confinado, Luan teve constantes desentendimentos com Amanda Djehdian e Fernando Medeiros, mas durante todo tempo em permaneceu na casa, se tornou grande amigo de Angélica Ramos, que atualmente integra o time de participantes de No Limite.

Publicidade

Também causou algumas polêmicas ao fazer certas declarações que tiveram enorme repercussão, quando revelou que, para sobreviver durante uma invasão no Morro do Alemão, teve que balear um rapaz, pois caso contrário, não teria como sobreviver.

Publicidade

Luan já teve várias profissões como recepcionista, porteiro, segurança, gerente de loja, ajudante de leilão de carros e militar do exército entre outras. Após ser eliminado do BBB 15, chegou a trabalhar como gerente de um salão de beleza do subúrbio carioca e também foi funcionário do Samu. Aos 29 anos, está casado com Luanna Andrade. O casal tem um filho, Bernardo, de 4 anos.

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade