in

Cantor é expulso de reality após vídeo ao lado de amigo com capuz da Ku Klux Klan vir à tona

Grupo é mundialmente conhecido por ser abertamente racista e defensor da supremacia branca.

Um vídeo antigo foi o responsável pela eliminação de um dos finalistas do reality show musical American Idol. A decisão do programa se deu após a gravação viralizar nas redes sociais e não deixá-los outra alternativa.

Publicidade

No vídeo, o cantor de música country, Clab Kenndy, um dos finalistas do programa do qual agora é ex-participante, aparece ao lado de um amigo, algo que não seria nada demais se o amigo do artista não estivesse fazendo uso de um capuz tradicional entre os membros do grupo extremista, racista e supremacista branco norte-americano, Ku Klux Klan.

Após sua exclusão da disputa do reality, Caleb usou seu perfil oficial no Instagram, nesta quarta-feira (12), para se desculpar pelo vídeo e lamentar sua eliminação do programa.

Publicidade

De acordo com o artista, o acontecimento foi uma surpresa para ele, que afirmou que o vídeo surgiu na internet, exibindo ações que não deveriam ter sido realizadas desta forma. De acordo com o cantor, à época da gravação ele era mais novo e não pensou nas consequências de suas atitudes, porém, o mesmo acrescentou que isso não justificaria o ocorrido.

Publicidade

O cantor afirmou ainda que, após os últimos acontecimentos, ele se afastará das redes sociais em prol de sua melhora, mas acrescentou que tem consciência de que decepcionou diversas pessoas.

Publicidade

“Sinto muito! Quero pedir desculpas a todos os meus fãs e a todos que decepcionei. Rezo para que um dia eu possa reconquistar a confiança de vocês sobre quem eu sou e tenha o respeito de vocês. Obrigado por me apoiarem”, completou o artista.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.