in

Anitta cai em pegadinha e acaba revelando quanto pagou para realizar a polêmica tatuagem na região íntima

A cantora fez a revelação para Mauricio Meirelles achando que estava falando com o seu amigo David Brazil.

DIVULGAÇÃO UOL - REPRODUÇÃO/ISTAGRAM - MONTAGEM JEAN MARANGONI

Um vídeo vazado da cantora Anitta, em fevereiro, gerou um verdadeiro alvoroço nas redes sociais. O vídeo de poucos segundos mostrava a artista em uma posição constrangedora, gritando de dor ao tatuar sua região íntima. Na época, Anitta contou que se tratava de um vídeo antigo, que foi vazado da plataforma OnlyFans, em que ela compartilha conteúdo adulto com seus fãs em troca de uma mensalidade de US$ 4,99. 

Publicidade

O humorista e apresentador Mauricio Meirelles resolveu explorar o assunto no seu programa ‘Foi Mau’, da RedeTV!, que irá ao ar nessa segunda-feira a partir das 22h30. Mauricio pegou o celular de David Brazil, convidado do programa e amigo pessoal de Anitta para conversar com a cantora, se passando por ele. 

Na conversa, o apresentador falou para a cantora que gostaria de fazer uma tatuagem na mesma região que ela fez e queria saber o quanto ela pagou pela tatoo. 

Publicidade

Anitta respondeu dizendo que pagou cerca de R$ 300, mas aconselhou o amigo a pensar bem porque como ele mesmo viu, o local dói muito ao ser tatuado. David Brazil realmente estava presente no momento em que a artista fez a tatuagem e disse no programa que a cantora suava e gritava de dor. 

Publicidade

O promoter disse ainda no programa que as festas na casa da artista são as melhores que ele já foi em toda a vida. David Brazil afirmou que tem de tudo nas festas de Anitta, desde a galera da favela até bilionário de Miami. ‘É um verdadeiro peru com farofa‘; contou ele a respeito das confraternizações na casa da agora artista internacional. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com