in

Mãe de Paulo Gustavo se revolta no Fantástico com morte no Dia das Mães: ‘Roubar na pandemia é assassinato’

Déa Lúcia, mãe de Paulo Gustavo, concedeu entrevista exclusiva para o ‘Fantástico’ sobre morte do filho e se revoltou com política.

TV Globo / Reprodução

A mãe do humorista Paulo Gustavo concedeu uma entrevista exclusiva para o programa ‘Fantástico‘, da TV Globo. Após a morte do filho, na última terça-feira, 04/05, a mãe do ator falou finalmente com a imprensa. Desde então, ela se negou a dar qualquer depoimento sobre como foram os últimos dias de vida de Paulo Gustavo, artista querido por muitos brasileiros e que vai deixar saudades em papéis como o da Dona Hermínia, no qual ele homenageia a sua própria mãe e as mães de todo o Brasil.

Publicidade

No Dia das Mães, a Dona Déa Lúcia disse que não está sendo fácil passar por essa tragédia, mas que ela tem tirado forças para ajudar, por exemplo, a irmã de Paulo, que ficou muito abalada com a morte do ator. Déa relatou que, durante os 53 dias de internação de Paulo na UTI em um hospital do Rio de Janeiro, ela ficou rezando pela recuperação de seu filho e também para que “Deus desse força” nesse momento. Outro momento marcante da entrevista é a revolta de Déa Lúcia com a corrupção no Brasil, e ela chega a dizer que “roubar na pandemia é assassinato”.

Mãe de Paulo Gustavo se revolta com corrupção na pandemia

Ao longo de todo o ‘Fantástico‘, Paulo Gustavo foi homenageado em entrevistas e matérias que saúdam o seu trabalho e sua trajetória. Déa foi ouvida, em meio à dor, e disse que “a morte é uma coisa certa na vida da gente. A gente só espera que uma mãe vá na frente. Então, é muito duro”.

Publicidade

Déa também se indignou com a corrupção durante a pandemia, que contabiliza, neste momento, mais de 400 mil mortos, incluindo Paulo Gustavo, só no Brasil. 

Publicidade

“Roubar na pandemia é assassinato. Eu chorei com cada mãe e choro e vou continuar chorando. Mas essa luta vai ser minha. Eu vou lutar agora e vou falar o tempo todo”, disse a mãe de Paulo Gustavo. Paul Gustavo tinha 42 anos, e deixou dois filhos, o marido, Thales Bretas e seus familiares.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tadeu Goulart

Assuntos chocantes, novidades da televisão, famosos e política: tudo você encontra aqui.